Megabit e megabyte: entenda a diferença entre esses e outros termos

  • Domine sua conexão

Você já deve ter se confundido na hora de distinguir megabit e megabyte, não é mesmo? São tantas nomenclaturas que fica difícil lembrar como usar cada uma. Ainda assim, conhecer as unidades de armazenamento de dados é importante para saber exatamente o que você está contratando.

É sobre isso que vamos falar neste post! Explicaremos as diferenças entre cada termo, especificaremos para que são usados e ensinaremos como calcular as conversões. Continue com a leitura e fique por dentro do assunto!

Qual é a diferença entre medidas megabit e megabyte?

A confusão acontece porque as siglas que representam as medidas são semelhantes. A abreviação de Megabyte, ou Mega, é MB, enquanto Megabit, ou Mbps, pode ser representado por Mb (sempre com “b” minúsculo). Ainda assim, essas são unidades diferentes — sendo o “bit” oito vezes menor que o “byte”.

Muitas vezes, o consumidor leigo acredita que está consumindo uma unidade ao contratar outra. Isso pode provocar alguma dose de frustração, já que estará fazendo o uso de uma internet com apenas um oitavo da capacidade de download.

Quais são as outras medidas usadas no ambiente virtual?

De forma geral, as medidas são definidas por prefixos para várias unidades diferentes. O “kilo” é o equivalente a 1.024 bits, o “mega” a 1.024 kilobits, o “giga” a 1.024 megabits e o tera a 1.024 gigabits.

Esses prefixos não surgiram com a internet e são usados em várias outras unidades de medida, tendo os cálculos com base na notação científica. É comum ver os nomes quantificando valores em “watt” e “pascal”, por exemplo.

Como convertê-las de uma para outra?

Você já parou para pensar na razão pela qual as pessoas sempre usam as mesmas unidades de armazenamento? A resposta está na padronização. As medidas seguem o Sistema Internacional de Unidades — evitando confusões e problemas na hora de fazer pesquisas.

A conversão é simples. Se você contrata o valor em “bit” e quer convertê-lo em “byte”, basta dividir o valor por 8.

Onde essas medidas são mais utilizadas?

Você provavelmente já viu essa medida sendo usada como taxa de transferência. Mas o que isso significa? Na prática, a velocidade medida em bit é o “bit por segundo” (bps). O mesmo vale para os prefixos, com kilobits por segundo, representados em kbps.

Isso explica boa parte das frustrações que os clientes têm com as operadoras de internet. Se você acredita contratar um valor em “megabytes por segundo” e contrata em “megabits por segundo”, a taxa de transferência é menor que a expectativa.

Como você viu, existe bastante diferença entre megabit e megabyte, e conhecer o significado de cada um dos termos ajuda a entender exatamente a quantidade contratada de internet.

Não se esqueça de que velocidade de download e upload também são coisas diferentes. A de download diz respeito à velocidade usada para baixar arquivos da web. A de upload, por sua vez, está ligada ao envio de arquivos.

O que achou deste conteúdo? Ficou claro para você qual é a diferença entre as unidades de armazenamento de dados? Então, compartilhe este conteúdo nas redes sociais e ajude seus amigos a entenderem mais sobre o assunto!

Este artigo foi útil?

Fique por dentro de tudo que precisa saber para mandar bem

Assine nossas noticias