Velocidade de upload e velocidade de download: quais são as diferenças?

  • Domine sua conexão

Ao contratar um serviço de internet é fundamental entender uma série de variáveis envolvidas para que você possa fazer a escolha ideal em relação ao plano. Caso contrário, poderá se frustrar e ter dificuldades em reverter a situação, principalmente devido ao tempo de fidelidade estabelecido no contrato.

Para ajudar você nesse processo, vou falar sobre um ponto que deve ser levado em consideração na tomada de decisão: a velocidade de download e upload. Continue a leitura e saiba mais sobre o assunto!

O que é velocidade de download?

É aquela em que uma máquina recebe um arquivo de um servidor online, de outros usuários ou por meio de um site da internet. Quando você realiza o download, assiste a um conteúdo de vídeo de um portal ou faz streaming, por exemplo, é utilizada a velocidade de download. Ela dita quão rápido um conteúdo é carregado no seu dispositivo.

A velocidade de download é medida em megabytes por segundo — uma evolução dos kilobytes por segundo, como era medida antes da banda larga. Atualmente, com a fibra ótica e outros modelos de conexão mais modernos, é natural que a velocidade de download supere os 50 Mbps, podendo chegar a até 500 Mbps.

Uma pergunta comum é: qual é a velocidade de download ideal? Responder isso é muito difícil, pois depende bastante dos hábitos de uso de quem mora na casa. Em geral, 50 Mbps já são o suficiente para a maioria das residências.

O que é velocidade de upload?

Ela está relacionada ao envio de arquivos para um servidor online, outros usuários ou para sites da internet. Por exemplo, quando você publica uma foto em sua rede social, está transmitindo os dados, ou seja, realizando o upload do arquivo para o site.

A velocidade de upload é o tempo que leva para uma pessoa, ou um robô, receber e ver os seus dados enviados. Normalmente, o grande foco das pessoas é na velocidade de download, mas existem casos em que o upload é importante.

Se você trabalha em casa e faz videochamadas, por exemplo, ou se envia arquivos muito grandes com frequência e joga online, precisa ficar de olho nessa velocidade. Ela também é medida em Mbps — 10 Mbps são suficientes para a maioria.

Por que a velocidade de download é maior que a de upload?

Você deve ter percebido que a velocidade de download é bem maior do que a de upload. Já se perguntou por que isso acontece? Na prática, a resposta é bem simples: grande parte das ações feitas na internet envolvem mais o download.

Se uma pessoa está fazendo streaming de uma série, por exemplo, precisa constantemente baixar os pacotes de dados. Ao acessar uma página na internet, tem que baixar todo o conteúdo dela. Por outro lado, são enviados apenas comandos ou informações básicas de acesso. Logo, é natural que haja uma diferença grande entre velocidade de download e upload.

Na verdade, a internet funciona com as duas ações ao mesmo tempo. Pense numa conversa de WhatsApp. Quando você manda a mensagem, está fazendo o upload. Quando recebe, precisa fazer o download. Isso também se aplica ao ver vídeos no YouTube, navegar na internet e diversas outras ações.

Como descobrir sua taxa de download e upload com o teste de velocidade?

Quer saber qual é a sua taxa de download e upload neste momento? Isso é fácil de resolver. Existem diversas ferramentas de teste de velocidade, como o speedtest da Ookla. A Anatel também tem a sua própria ferramenta de testes.

Para usá-las é muito simples. Basta acessar os links e clicar no botão “iniciar teste”. A própria ferramenta reconhece sua conexão, operadora e escolhe o servidor mais próximo possível. Ferramentas como essas são muito importantes, pois ajudam a garantir que a internet esteja de acordo com o que foi contratado.

Se você está sentindo que a internet está mais lenta que o normal, pode fazer esses testes para tentar detectar problemas de conexão e, em seguida, investigar.

O que considerar ao contratar um plano de internet?

Quando falamos em velocidade de download e upload, é importante destacar fatos que merecem atenção por parte do contratante. A maioria das conexões (ADSL, cabos, rádio etc.) tem uma diferença entre as velocidades de upload e download, como mencionamos acima.

Normalmente, a infraestrutura é projetada para que o download seja mais rápido que o upload, e você precisa considerar isso ao contratar o plano. O motivo é que precisamos mais acessar sites, arquivos e servidores do que, de fato, enviar dados para eles.

Para entender melhor, todas essas atividades do cotidiano são feitas por meio de download:

  • assistir a filmes e séries;
  • acessar redes sociais;
  • acessar sites de notícias;
  • receber mensagens, vídeos e áudios nos aplicativos de conversa.

Já as atividades que são caracterizadas como upload são:

  • compartilhar arquivos por e-mail;
  • enviar áudios e imagens por chat;
  • jogar online;
  • publicar/subir fotos e vídeos em redes sociais.

Muitas vezes, porém, não é bem assim que acontece. Pessoas que trabalham em casa com produção de conteúdo, por exemplo, dependem mais da velocidade de upload para realizar a publicação do seu trabalho.

Uma boa notícia é que, na Cabonnet, nos casos de internet por fibra ótica, as velocidades de upload e download se equiparam. Isso significa que você tem um equilíbrio nessa questão e consegue fazer o que precisa. Por isso, essa pode ser a melhor solução, principalmente se você depende disso em seu dia a dia.

Mas apenas essa variável não basta para escolher uma boa internet. Além da velocidade de download e upload, existem outras questões que devem ser consideradas, como franquia de consumo, estabilidade do serviço, suporte prestado pela empresa e reclamações sobre o provedor de internet. Analisando todas estas questões, é possível fazer uma boa escolha e conseguir uma conexão de qualidade.

Gostou do post? Quer receber mais dicas para saber tudo sobre internet e garantir a melhor conexão e experiência possíveis? Então, curta a página no Facebook da Cabonnet da sua região e não perca nenhum conteúdo!

[rock-convert-cta id=”81″]

Este artigo foi útil?

Fique por dentro de tudo que precisa saber para mandar bem

Assine nossas noticias