Armazenamento em nuvem é seguro? Veja 5 boas práticas!

  • DOMINE SUA CONEXÃO

Se você curte tecnologia, aposto que já ouviu falar no armazenamento em nuvem. Esse é um dos modelos mais modernos, utilizado tanto por empresas como por pessoas físicas, para guardar os dados fora dos computadores. A vantagem é que você ocupa menos espaço e acessa os arquivos de qualquer lugar.

Será que esse negócio é mesmo seguro? É natural ter dúvidas sobre o assunto, mas se você não quer ficar para trás, precisa conhecer bem o armazenamento em nuvem. Então, continue lendo este post, pois mostraremos para você por que essa opção é segura, além de 5 dicas práticas para você ficar ainda mais tranquilo.

Então, vem comigo!

O que torna o armazenamento em nuvem seguro

Existem ótimas vantagens que transformam o armazenamento em nuvem em algo bem seguro. Primeiramente, é uma opção que tem salvamento automático, o que significa que você não precisa se preocupar com backups.

Além disso, as empresas que fornecem esse serviço investem bastante em segurança. Afinal, se existem muitos problemas como os arquivos dos usuários, a empresa está fadada ao fracasso.

5 boas práticas ao usar armazenamento em nuvem

Para ter mais segurança, existe um grande cuidado sobre quem pode acessar os arquivos, além de dados criptografados que aumentam muito a dificuldade em quebrá-los de forma bruta.

Na maioria dos casos, a forma mais fácil de invadir um sistema é por meio das pessoas. Portanto, tomando esses 5 simples cuidados, você aumenta muito a sua segurança.

1. Escolha serviços que criptografam os dados

A criptografia é um processo bem complexo que esconde seus arquivos com uma operação matemática. Com ela, as informações são transformadas em algo indecifrável.

Para quebrar, é preciso um poder computacional enorme, que dificilmente compensa. A maioria dos provedores de serviços em nuvem tem essa opção, e você deve priorizá-la.

2. Dê atenção à escolha das senhas

Essa é uma vulnerabilidade que pode ser muito explorada. Tome cuidado com a escolha das senhas e evite opções simples ou padrão.

As senhas fortes são longas, combinando números, letras e símbolos de forma aleatória, evitando usar palavras ou frases. Você pode usar recursos como o Last Pass para gerar e armazenar suas senhas. O Chrome também tem a função de gerenciar senhas.

3. Estabeleça a autenticação em duas etapas

Se você escolher uma senha forte e única, é praticamente impossível que ela seja quebrada. Mesmo assim, caso isso aconteça, você pode se proteger com a identificação em duas etapas.

Com essa solução, você pode usar o Google Authenticator ou qualquer outra opção, para confirmar que é você mesmo que está tentando entrar no sistema. É uma ótima dica para seu e-mail, Facebook e diversos outros acessos importantes.

4. Mantenha o antivírus atualizado

Outra dica importante para sua vida online. Muitas vezes, os vírus vêm com uma aparência amigável e o antivírus é uma das suas últimas linhas de defesa. Portanto, não se esqueça de atualizá-lo sempre que necessário, para garantir que seus dados estejam sempre seguros.

5. Escolha o melhor serviço de armazenamento na nuvem

Por fim, você também precisa garantir que o outro lado está fazendo sua parte. Ou seja, escolha um ótimo serviço de armazenamento na nuvem.

Procure conhecer a reputação dos serviços mais populares, pergunte a quem usa o que eles acham e qual é sua experiência. Opte pelos maiores players do mercado, pois existe maior chance de você ter um serviço de qualidade. Entre os principais, estão:

Agora que você já sabe como funciona o armazenamento na nuvem, pode começar a usar sem medo. Com a Cabonnet, você consegue uma conexão de internet mais estável e poderosa, com uma ótima velocidade de upload, para você poder armazenar seus arquivos com ainda mais tranquilidade.

Quer conhecer mais? Então, entre em contato e conheça as soluções da Cabonnet para sua região!

Este artigo foi útil?

Fique por dentro de tudo que precisa saber para mandar bem

Assine nossas noticias