Como fazer compras pela internet com segurança?

  • Domine sua conexão

Cada vez mais estamos fazendo nossas atividades no meio digital. Atualmente, o brasileiro já incorporou o hábito de realizar compras online, e isso se intensificou ainda mais na pandemia. Em 2020, 13 milhões de brasileiros fizeram suas primeiras compras pela internet.

Contudo, no primeiro trimestre de 2021, houve um crescimento de 32,7% nas tentativas de fraudes em lojas virtuais. Por isso, é importante que você saiba como se prevenir para realizar suas compras pela internet com segurança. Vou falar mais sobre isso a seguir!

Compre apenas em dispositivos confiáveis

Um primeiro ponto para garantir sua segurança é utilizar dispositivos de confiança. De preferência, faça suas compras naqueles que você já conhece ou utiliza no seu dia a dia: celular, tablet, notebook etc.

Isso porque você sabe se o equipamento está protegido contra vírus, por exemplo. Agora, quando utiliza um dispositivo público — como o computador do trabalho —, ou de outra pessoa, não é possível garantir que ele está protegido.

Prefira comprar em lojas conhecidas

A internet nos permitiu encontrar cada vez mais lojas, não é mesmo? Ao mesmo tempo, também gerou a possibilidade de que muitas pessoas, de forma maliciosa, finjam ter um site para obter vantagens com fraudes. Por isso, sempre que possível, busque comprar em lojas conhecidas.

Pesquise a reputação da loja

Junto da dica anterior, quero destacar mais alguns cuidados: pesquise sempre a reputação da loja ou de qualquer outro site que você tiver interesse em comprar. Então:

  • pesquise se há avaliação no Google Negócios e confira os comentários;
  • verifique se há algum tipo de reclamação em sites especializados (como o Reclame Aqui);
  • veja se há fotos e vídeos sobre o produto ou serviço;
  • leia os comentários de clientes em redes sociais. Se não houver nada, pode ser um sinal de que a loja possa não ser autêntica.

Verifique se o site disponibiliza informações da empresa

Essa é uma dica para verificar se o local é idôneo ou não. Por exemplo, se o site apresentar o CNPJ, você pode conferir se ele, de fato, existe, e se os dados batem.

Além disso, caso tenha endereço físico, você pode jogá-lo nos sites de busca e verificar se, de fato, naquele local existe a sede do negócio. Outro ponto importante é também atentar se a empresa omite essas informações. Se sim, pode ser um sinal de alerta.

Leia a política de compras e privacidade

Outro ponto importante é identificar a política de compras e privacidade da empresa. Isso é importante por dois motivos:

  • a política de compra norteia se a marca tem regras adequadas aos processos, incluindo questões relacionadas à devolução e ressarcimento, além de conter dados importantes sobre o negócio;
  • a política de privacidade demonstra o que a empresa adota para a proteção dos dados pessoais de seus usuários e clientes, evitando, inclusive, que possam cair nas mãos de cibercriminosos.

Além destas dicas, verifique se há a presença do certificado SSL no site, o que garante maior proteção para os dados. Somado a isso, faça compras sempre nos aplicativos oficiais das lojas. Quer mais alguns cuidados? Aqui vão alguns outros:

  • veja se há um ícone com cadeado na barra de endereços do seu navegador ou, ainda, se o link começa com HTTPS;
  • confira se há opções de pagamento que possam dar mais segurança e suporte para você em caso de problemas (como Mercado Pago, PicPay, PagSeguro, entre outros);
  • não salve dados do cartão de crédito em sites;
  • não utilize dispositivos de terceiros;
  • evite conexões públicas em situações que existem dados pessoais, ainda que apenas login e senha;
  • tenha cuidado com golpes no WhatsApp que peçam informações.

Fazer compras pela internet tem diversas vantagens, mas é preciso tomar cuidado para não cair em golpes. Com estas dicas, você já consegue se prevenir e evitar problemas futuros.

Quer saber mais sobre como fazer compras de forma segura? Confira mais algumas dicas e tire suas dúvidas!

Este artigo foi útil?

Fique por dentro de tudo que precisa saber para mandar bem

Assine nossas noticias